Quinta, 19 Outubro 2017 15:18

Fernandópolis apresenta índices acima da média estadual

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Fernandópolis tem índices educacionais e de longevidade acima da média estadual, é o que aponta o resultado do IPRS (Índice Paulista de Responsabilidade Social), realizado pela Fundação Seade a pedido da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo com a intenção de traçar um retrato detalhado em termos de desenvolvimento humano. Apenas no quesito riqueza, o município ficou abaixo da média do estado de São Paulo. 

Segundo o relatório divulgado nesta semana pela Assembleia Legislativa de São Paulo, o município classificou-se no Grupo 3, que agrega os lugares com baixos níveis de riqueza e bons indicadores de longevidade e escolaridade. 

O estudo tem como data de referência o ano de 2014 e avalia três indicadores: em Riqueza, o estado de São Paulo atingiu 47 pontos, Fernandópolis, 37; em Longevidade, São Paulo alcançou 70 pontos, Fernandópolis, 71; e em Educação, 54 para o estado e 66 para Fernandópolis. 

O IPRS é um indicador reconhecido pela ONU e tem a função de apontar a qualidade de vida nos 645 municípios do Estado. O levantamento é realizado pela equipe técnica da Assembleia Legislativa de São Paulo e serve como uma das referências para o planejamento e a aplicação de políticas públicas pelos municípios. As informações são fornecidas a cada dois anos aos gestores públicos e podem ser utilizadas para nortear a implementação de políticas públicas em áreas mais vulneráveis. 

Região é destaque 

A Região Administrativa de São José do Rio Preto, da qual Fernandópolis faz parte, criada pelo Decreto no 52.576, de 12 de dezembro de 1970, é formada por 96 municípios. 

Nesta edição do IPRS, a RA de São José do Rio Preto apresenta nível de riqueza abaixoda média estadual, em oposição aos indicadores sociais de longevidade e escolaridade, que apresentam patamares superiores aos do estado, sendo os maiores entreas regiões. De acordo com o ranking de cada dimensão do indicador sintético, entre as 16 RAs do Estado, a Região Administrativa de São José do Rio Preto ocupa a 10ª posição em riqueza e a 1ª tanto em longevidade quanto em escolaridade.

 
 
Ler 431 vezes