Take a fresh look at your lifestyle.
criamos-site-scaled
Banner-Site-noticias-nororeste
1040x150229351348446959154-1
4DC79665-9164-4178-B0E7-45B1537A23B8
criamos-site-scaled

Casal é preso suspeito de espancar bebê até a morte

0 852
criamos-site-scaled
Banner-Site-noticias-nororeste
1040x150229351348446959154-1
4DC79665-9164-4178-B0E7-45B1537A23B8
criamos-site-scaled

Um casal foi preso na noite dessa quarta-feira (24/2) suspeito de espancar e matar o próprio filho de um ano e oito meses. O menino deu entrada com ferimentos graves na UPA Leste, no Bairro Vera Cruz, Região Leste da Belo Horizonte.

Segundo o boletim de ocorrência, os militares foram acionados pelos profissionais de saúde, que constataram lesões graves no bebê, incluindo traumatismo craniano e hematomas por todo o corpo.

A mãe, de 19 anos, afirmou aos policiais que o menino foi atacado por um cachorro pela manhã na Praça Sete, Centro da capital. Segundo ela, o animal teria arremessado o bebê para longe, causando as lesões encontradas.

Questionada sobre o motivo de só ter levado a criança à noite para uma UPA, a mulher argumentou ter demorado a perceber a gravidade dos machucados.

O padrasto, de 23 anos, contou aos agentes uma versão diferente da história. Segundo o jovem, o cachorro atacou o bebê no bairro onde a família mora. O cão teria lançado a vítima do alto de uma rua íngreme.

Consta nos registros da PM que essa não foi a primeira vez que a criança chegou ferida à UPA Leste. Ela teria sido atendida também em 9 de outubro. Na época, os médicos acionaram o Conselho Tutelar.

A reportagem questsionou o órgão sobre as providências tomadas a respeito da denúncia feita na ocasião, mas ainda não obteve retorno.

Comments
Loading...