Take a fresh look at your lifestyle.
criamos-site-scaled
1040x150229351348446959154-1
4DC79665-9164-4178-B0E7-45B1537A23B8
criamos-site-scaled
53B2AF77-A8B3-42F4-A5FB-4B17E3049F45

Cinco horas após ser liberado para “saidinha”, reeducando é detido no centro de Rio Preto

0 82
criamos-site-scaled
1040x150229351348446959154-1
4DC79665-9164-4178-B0E7-45B1537A23B8
criamos-site-scaled
53B2AF77-A8B3-42F4-A5FB-4B17E3049F45

Sob efeito de drogas, ele invadiu uma loja e se escondeu entre móveis, dizendo que estava sendo perseguido.

Poucas horas após ser liberado para a saída temporária, um reeducando de 40 anos foi detido no centro de Rio Preto por causar confusão dentro de um estabelecimento comercial.

Por volta do meio dia, já sob efeito de drogas, o homem invadiu uma loja de móveis e se escondeu atrás de mobílias, dizendo que estava sendo perseguido por pessoas que queriam pegá-lo.

Como uma vendedora estava sozinha no local, ela ficou com medo e pediu ajuda de populares que tentaram, sem sucesso, tirar o reeducando de lá.

A Polícia Militar foi acionada e precisou imobilizar o homem.

Ele foi levado para a Central de Flagrantes, onde assumiu ter feito uso de crack e cocaína.

Uma das condições para a saída temporária é que o preso informe um endereço fixo onde vai permanecer durante os seis dias do benefício. Deste modo, policiais em atividade delegada podem checar se os reeducandos estão cumprindo as regras estabelecidas.

No entanto, há casos de presos que, sem vínculo familiar, saem dos Centros de Progressão Penitenciárias e passam os dias nas ruas.

O caso foi registrado como contravenção penal de embriaguez.

DLNEWS

Comments
Loading...