Take a fresh look at your lifestyle.
criamos-site-scaled
Banner-Site-noticias-nororeste
1040x150229351348446959154-1
4DC79665-9164-4178-B0E7-45B1537A23B8
criamos-site-scaled

DENÚNCIA: Notas falsas estão em circulação em Cosmorama

0 22
criamos-site-scaled
Banner-Site-noticias-nororeste
1040x150229351348446959154-1
4DC79665-9164-4178-B0E7-45B1537A23B8
criamos-site-scaled

ATENÇÃO, COMERCIANTES E MORADORES DE COSMORAMA, ALERTA PARA CIRCULAÇÃO DE NOTAS FALSAS PELA CIDADE, ‘NÃO CAIA NO GOLPE’.

O nosso portal recebeu algumas informações sobre um golpe já antigo e que está trazendo prejuízo novamente para comerciantes e moradores de Cosmorama, notas falsas em circulação no município.

Orientamos aos comerciantes que estruture o seu estabelecimento com objetos que identifiquem a autenticidade da cédula.

Fique atento!
Um aplicativo do Banco Central pode ajudar na hora de driblar golpistas. É o “Dinheiro Brasileiro”, que está disponível para celulares com Android e iOS. Você coloca a nota que você deseja verificar perto da câmera do celular, e o aplicativo passa uma espécie de scanner nas “chaves de segurança” que existem nas cédulas.

O crime de moeda falsa está previsto no artigo 289 do Código Penal. Quem falsifica, fabrica, adquire, vende, troca, guarda ou tentar colocar uma cédula falsa em circulação está passivo de prisão com penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão.

Até agora ninguém foi identificado.

Quais itens você deve checar ao receber uma nota?
Existem cinco mecanismos de segurança que você deve observar para verificar se uma nota é verdadeira ou não.

  1. Marca-d’água
    Basta colocar a nota contra a luz para ver, na área clara, a figura do animal e o número do valor da nota em tons que variam do claro ao escuro.
  2. Alto relevo
    Pelo tato, dá para sentir o relevo em algumas áreas da nota. Na frente, na legenda “República Federativa do Brasil”. Nas laterais e nos números indicativos do valor (nas notas de R$ 10 e R$ 20, apenas no número inferior esquerdo) também é possível perceber a diferença de textura. E, no verso, também há o alto relevo na legenda “Banco Central do Brasil”
  3. Número escondido
    Ao colocar a cédula na altura dos olhos, na posição horizontal, é possível ver o valor da nota aparecer nas áreas indicadas na imagem. Importante: o lugar precisa estar bem iluminado para que o número escondido apareça.
  4. Faixa holográfica (apenas nas notas de R$ 50 e R$ 100)
    Ao movimentar essas notas, dá para ver que o número do valor da nota e a palavra “reais” se alternam, a figura do animal fica colorida e aparecem diversas cores em movimento.
  5. Número que muda de cor (apenas nas notas de R$ 10 e R$ 20)
    Ao movimentar essas notas, o número assinalado muda do azul para o verde. Uma faixa brilhante parece rolar pelo número.

Recebeu uma nota falsa? Saiba o que fazer..
O Banco Central orienta sobre quais providências tomar se você receber uma nota falsa, seja comerciante ou pessoa física.

Se desconfiar da autenticidade de uma nota após observar os elementos de segurança ou comparar com outra cédula legítima, você pode recusá-la. “É importante sempre recomendar ao dono do exemplar suspeito que procure uma agência bancária para encaminhamento da nota para ser analisada pelo Banco Central”, afirma.

A circulação de notas falsas de real é uma prática que acontece em várias cidades de todo o país. A situação piorou após o lançamento da nota de R$ 200, no ano passado, o que forçou o Banco Central a lançar uma campanha para ensinar a identificar uma nota falsa da verdadeira.

Da redação, Cosmorama Em Dia.

Comments
Loading...