Homem confunde nome de rua com cidade e viaja 340 km sem querer

0 575

G1

O paraguaio Luiz Fernando Lopes Nunez, de 21 anos, que ficou desaparecido por 11 dias, ao se perder em Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi encontrado na tarde desta quinta-feira (22). Ele viajou cerca de 326 km, para a cidade Santa Rita do Passa Quatro, após achar que o ônibus o levaria para uma rua de São Paulo, com o mesmo nome do município do interior paulista.

Luiz é morador de Caaguazú, uma cidade do Paraguai, e estava no Brasil há aproximadamente 15 dias, quando veio à São Paulo para visitar um colega paraguaio. Em entrevista ao G1, o costureiro Antonio Silvero, de 35 anos, contou que ele e o jovem vieram para o litoral, no último dia 11, em uma excursão com quase 30 pessoas para aproveitar o dia de sol na praia. “Era um bate e volta”, conta.

Antonio entrou na água com algumas pessoas e, quando voltou à areia, Luiz já não estava mais. Ele havia saído sem mochila e sem celular. “Ele não deve ter conseguido achar mais o local onde estávamos. Ele não fala nada de português, só espanhol”, afirma. Durante os 11 dias, Antônio e sua família voltaram à Praia Grande a fim de localizar o paradeiro do rapaz. Até no Instituto Médico Legal (IML) e abrigos da cidade o jovem foi procurado, conforme informou o costureiro.

Até que, nesta quinta, após algumas diligências, policiais da Delegacia de Investigações Sobre Homicídios de Santos receberam a informação de que ele estava em Santa Rita do Passa Quatro. De acordo com a Polícia Civil, o homem desaparecido teria se enganado ao pegar um ônibus para o interior, pois o nome do destino era o mesmo da rua em que ele estava hospedado em São Paulo.

Os investigadores acionaram a Delegacia de Polícia de Santa Rita do Passa Quatro, que conseguiu localizar o rapaz em um posto de saúde da cidade. A família foi comunicada e espera a liberação do rapaz da unidade de saúde para trazê-lo de volta à Capital.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comments
Loading...