Anuncie aqui

Moradores da região espalham aids com sexo

0 914

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Integrantes de um grupo com cerca de 160 participantes organizado pelo WhatsApp e com moradores da região são alvo de uma investigação de crime de transmitir o vírus da aids a outras pessoas em relações sexuais. Eles integram o chamado “Clube do Carimbo”.

Por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou na última quarta-feira (7/4) a Operação Antivírus, objetivando debelar grupo organizado em redes sociais que tinha por objetivo transmitir intencionalmente o vírus HIV.

Segundo os promotores, na maioria das vezes, os integrantescontaminavampessoas tendo relações sexuais sem preservativo e omitindo que eram portadores do vírus. Em outras ocasiões, os preservativos eram danificados antes do ato.

Nesta primeira fase da operação foram cumpridos 12 mandados na capital, na Grande São Paulo e no interior, além de cidades do Rio de Janeiro. A operação decorre de investigação que foi iniciada há alguns meses a partir de informações de grupo organizado em espaço virtual, com integrantes de todo o Brasil.

As buscas irão robustecer o acervo probatório e identificar outros integrantes dessa associação criminosa, autodenominada “Clube do Carimbo”.

O cumprimento dos mandados de busca e apreensão conta com dezenas de policiais militares do BAEP e promotores de Justiça do Gaeco das regiões de Bauru, São José do Rio Preto, Franca, Ribeirão Preto, Vale do Paraíba, ABC e capital, além de policiais militares e promotores de Justiça do Gaeco do Rio.Posteriormente os suspeitos serão interrogados e os objetos apreendidos submetidos à extração e análise forense.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comments
Loading...