FERMED

TOR PRENDE DUAS BOLIVIANAS POR TRÁFICO EM ARAÇATUBA, UMA DELAS ERA FORAGIDA DA JUSTIÇA DO MS

0 115

POLICIAIS MILITARES DO TÁTICO OSTENSIVO RODOVIÁRIO PRENDERAM EM FLAGRANTE AS BOLIVIANAS IDENTIFICADAS PELAS INICIAIS A.B.V.L., DE 22 ANOS E, E.S.R., DE 37 ANOS, APÓS ABORDAGEM DE FISCALIZAÇÃO DA “OPERAÇÃO ROMEIRO”; ELAS CONFESSARAM QUE ENTREGARIAM A COCAÍNA NA CAPITAL PAULISTA E, RECEBERIAM US$ 500 – CADA.

No final da tarde deste sábado (10), policiais militares do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) prenderam em flagrante as bolivianas identificadas pelas iniciais A.B.V.L., de 22 anos e, E.S.R., de 37 anos, acusadas de tráfico de drogas – durante uma fiscalização em frente a base da Polícia Rodoviária durante o desencadeamento da “Operação Romeiro”. 

De acordo com informações, os policiais, visando o combate ao tráfico de drogas e outros crimes, abordaram um ônibus de linha regular de transporte de passageiros para vistoria. Durante entrevista suspeitaram do motivo da viagem de duas passageiras de nacionalidade Boliviana. Com o apoio de uma policial feminina as mulheres foram revistadas 

Ficou constatado que elas traziam sob a roupa, presas ao corpo por cintas abdominais, 16 embalagens contendo cocaína, que pesaram aproximadamente 8,5 quilos. As acusadas disseram que receberam US$ 500 cada uma para levar a cocaína até a cidade de São Paulo, onde seria entregue a desconhecidos. 

As duas mulheres foram presas em flagrante. Após pesquisas, os policiais do TOR ainda descobriram que a boliviana E.S.R., era foragida da Justiça. Contra ela havia um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul, em dezembro de 2017, por condenação pelo crime de tráfico de drogas. 

FONTE: Informações | rp10.com.br

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comments
Loading...