Anuncie aqui

Usinas da região devem chegar ao volume de água mais baixo da história

0 144

As usinas hidrelétricas da região devem chegar ao volume de água mais baixo da história neste mês de junho, segundo nota técnica do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Atualmente, os reservatórios da hidrelétrica de Marimbondo, entre Icém e Fronteira (MG), e de Água Vermelha, entre Ouroeste e Iturama (MG), operam com os menores níveis do País: 8,93% e 7,42%, respectivamente.

O ONS prevê que, entre junho e julho, os reservatórios de Água Vermelha e Marimbondo possam operar com apenas 2% da capacidade. A entidade também considera que o País esteja passando pela pior crise hidrológica desde 1930 e que nos últimos sete anos os reservatórios das hidrelétricas receberam um volume de água inferior à média histórica.

Dados da Unesp de Ilha Solteira mostram que, até maio, choveu 44% a menos do que o esperado na região. “A gente vem de três anos com menos chuva do que o esperado, isso fez com que os reservatórios das usinas não se recompusessem. Na região, temos uma situação de ausência de chuva frontal, que é aquela que enche lago. Para ter uma ideia, nós não temos perspectiva de chuva abundante para os próximos dois meses. Além disso, no ano passado, tivemos algumas cidades da região que ficaram 180 dias sem chuva”, explicou o professor da Unesp Fernando Tangerino.

Falta de chuva que também prejudica piscicultores e já acende o sinal de alerta para o racionamento de água em cidades da região. “Além da baixa no nível do reservatórios das hidrelétricas, localmente, se não tivermos a recomposição dos mananciais de água, podemos também ter a morte de muitos córregos e represas que são usadas para irrigação”, apontou Fernando.

Comments
Loading...